Marina Liberato produz documentário sobre de terapia natural contra o câncer

09/11/2021 11:32
O câncer é uma das doenças que mais assolam as pessoas na
 atualidade.
 Lidar com o processo de tratamento é doloroso, e não somente
para quem enfrenta a enfermidade, mas também para sua família.
 Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA),
 em 2020 foram confirmadas mais de 600 mil incidências no
 Brasil.
 
O tratamento para quem é diagnosticado com algum câncer 
é realizado pela alopatia com a utilização da quimioterapia, rádio 
e entre outros. Paralelo a ela, diversas terapias naturais
 têm sido buscadas pelos diagnosticados, e entre as 
práticas adotadas está uma conhecida como método Kovacsik.
 
 Essa terapia é apresentada por Marina Liberato, filha do ex-apresentador 
Gugu Liberato, em seu primeiro documentário produzido, onde mostra
 ao público pacientes que adotaram essa prática e foram curados, 
e entrevista o presidente da Associação Estevam e Maria Kovacsik.
 
"Eu quero poder espalhar positividade para o mundo. 
E espalhar essa informação que existe uma alternativa
 no tratamento do câncer, que é uma terapia natural, gratuita
 e eficaz, me deixa muito feliz. Como o meu pai, é uma felicidade
 poder ajudar outras pessoas e seguir os seus passos",
 comenta Marina Liberato.
 
Esse tratamento foi desenvolvido na década de 40, pelo cientista
 Estevam Kovacsik, na cidade de São Paulo. 
 
Assim que formulou essa terapia natural, que trabalha com captação 
de energia natural para enfrentar o câncer, passou a oferecer de
 forma gratuita para quem necessitava de cuidados. 
 
O método continua sendo aplicado nos dias de hoje através da 
Associação Estevam e Maria Kovacsik, e é aplicado em mais de
 17 estados brasileiros, além do exterior, em países como 
Bélgica, Estados Unidos, França, Itália, Japão, México e Portugal.
 
"A medicina avançou muito dentro da oncologia nas últimas
 décadas, mas ainda há muitas pessoas que não conseguem 
ter os resultados que desejam, e assim muitos buscam outras
 possibilidades para cuidar de sua saúde", ressalta Daniel Kovacsik,
 presidente da Associação Estevam e Maria Kovacsik.
O objetivo do documentário da Marina Liberato, além de apresentar o método para outras pessoas, é mostrar o lado humano em que consiste essa terapia e como ela ajudou as pessoas que a utilizaram em seu processo de cura.
 
"No processo da gravação, tive uma experiência única e inesquecível. Quando conversei com os pacientes senti a energia e a emoção quando me contaram a história deles com o câncer. Eu não imaginava que suas palavras iriam me emocionar tanto. Eles não tinham mais esperança e o Método Kovacsik deu a eles uma segunda chance de vida", acrescenta Marina Liberato.
 
Para quem deseja assistir o documentário, já está disponível no perfil do Instagram da Marina Liberato e em seu canal do YouTube. A Associação Estevam e Maria Kovacsik também tem um canal no YouTube , onde apresentam com mais detalhes o método.
MATÉRIA ENVIADA
 
RICARDO MARUJO (JORNAL1 E TV GUARULHOS)
Canal Youtube Ricardo Marujo (3 Milhões de visualizações)
Todo Sábado ás 18h 00 na Tv Guarulhos (Canal 3 da net) Jornal1 e Chocolatando no Cinema
Instagram: @ricardomarujooficial
 
 

Veja abaixo os vídeos no youtube com as entrevistas no Canal Ricardo Marujo 

Jornal1 e Tv Guarulhos

Todas as fotos nos faces Jornal1 Notícias e Eventos e Ricardo Marujo
Twitter: @ricardojornal1 twitter.com/ricardojornal1
Instagram @ricardomarujooficial www.instagram.com/ricardomarujooficial/?hl=pt-br
emai: ricardogemeos11@gmail.com
Entrevistas com Arnold Schwarzenegger, Tom Holland (Homem Aranha), 
Joe Jackson (Pai do Michael Jackson), Sabrina Sato, Rodrigo Faro,
Celso Portiolli, Juju Salimeni, Dunga, Cafu, Ademir da Guia,
 Neto, Gabriel Jesus, Marcos, Edmundo, Instituto Neymar, Jogando no Corinthians,
 SPFW, Teleton, Shows, Bastidores da TV, Lançamentos de Filmes (Jumanji,
 Turma da Mônica, Exterminador do Futuro, Piratas do Caribe, Hebe, etc etc)


Leia mais: https://www.jornal1.net.br/news/queijos-vigor-levam-conteudo-exclusivo-as-redes-sociais-e-convidam-consumidores-a-aproveitarem-seus-happy-hours/

 

Voltar